Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Família queixa-se do desaparecimento de corpos em cemitério de Vagos


sexta, 08 novembro 2019
Uma família apresentou queixa na GNR contra desconhecidos pelo desaparecimento de dois corpos no cemitério de Santo André, em Vagos, disse à Lusa fonte policial.A macabra descoberta aconteceu na segunda-feira, quando Daiana Oliveira se deslocou ao cemitério com a avó, de 91 anos, para ver o jazigo onde se encontram sepultados o seu avô e um tio. “Quando lá chegámos, o coveiro disse que tinham andado a estragar campas e uma delas tinha sido a nossa”, contou Daiana Oliveira.Após alguma insistência, conseguiram que o coveiro abrisse a campa para verificar o seu conteúdo e o que viu deixou-a surpreendida: “Não havia nada lá dentro. Só vi bocados da parte de cima do caixão do meu tio. O caixão onde estava o corpo do meu avô embalsamado tinha desaparecido por completo. Nem caixões, nem os cadáveres”, lamentou.Daiana Oliveira diz que a avó se tem sentido “muito mal” com a situação e a família quer saber o que aconteceu aos corpos.Os familiares queixam-se ain­da de não terem sido avisados pela Junta de Freguesia, que é a gestora do espaço. “Eles deviam ter comunicado às famílias que estavam a ser vandalizadas as campas”, disse.
Leia a notícia completa na edição em papel.